Gestão do Conhecimento em Empresas Juniores (EJs) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB): Uma Análise das Práticas Sustentadas no Campus I (2018-2019)

Natureza:

Projeto de pesquisa científica (Edital PIBIC-UFPB-CNPQ-PROPESQ 01/2018)

Status:

Concluído

Financiador(es):

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq

Descrição e Propósito:

Empresas Juniores (EJs) são associações civis sem finalidades lucrativas, mas com fins educacionais, enquadradas como organizações do Terceiro Setor da economia. Formadas exclusivamente por estudantes do nível superior e/ou técnico, e atendendo principalmente ao mercado de micro e pequenas empresas de diversos setores de atividade econômica, as EJs são organizações que realizam projetos e serviços nas áreas temáticas dos cursos nos quais elas estão situadas (ou dos quais são provenientes), usualmente a custos abaixo dos praticados por empresas já estabelecidas/consolidadas em mercados profissionalizados, haja vista que as contrapartidas de se conhecer mercados enquanto ainda estudante, adquirir vivências, ter experiências de trabalho, conhecer a prática empreendedora, e o desenvolvimento de habilidades e competências empresariais são elementos prioritários na missão das EJs e dos seus integrantes. Um traço marcante das dificuldades da gestão operacional em EJs envolve a rotatividade dos seus integrantes e o impacto disso na qualidade da criação, formalização e manutenção de processos organizativos e estratégicos do seu cotidiano. Devido à essa rotatividade, e das alternâncias de direção e gestão, um problema característico enfrentado por elas é o do conhecimento experiencial que não consegue ser registrado em manuais, descritores, ferramentas de Business Intelligence (BI), ambientes virtuais, ou inscrito nas práticas sustentadas pelos que participam da iniciativa júnior. Isso significa dizer que os processos elementares de socialização, explicitação, combinação e internalização do conhecimento enfrentam dificuldades de serem levados a cabo no contexto de atuação das EJs. Entendeu-se a gestão do conhecimento (GC) como instrumental para a prática da gestão tanto quanto influenciada por elementos socioculturais que se encontram para além do mero instrumentalismo com o qual o tema é, por vezes, entendido, no âmbito da Administração. Pressões institucionais de stakeholders, organizações de interesses especiais, entidades de classe, agentes reguladores e fiscalizadores são elementos que também influenciam as práticas sustentadas internamente nas organizações. O projeto analisou de que maneira ocorrem as práticas de gestão do conhecimento em dez (10) Empresas Juniores (EJs) situadas no Campus I da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Achados/Resultados:

Constatou-se que: (i) as EJs pesquisadas sustentam práticas de GC em diferentes níveis de formalização; (ii) no processo de sua implementação sofrem, eminentemente, pressões de natureza mimética; (iii) os atores envolvidos na esfera de regulação das operações dessas EJs não têm conferido importância ao tema da GC em suas ações; e que, (iv) há valor simbólico e acepção cerimonial na adoção de tais práticas, passíveis de serem consideradas como um mito (racional) organizacional contemporâneo.

Palavras-chave:

Gestão do Conhecimento; Empresas Juniores; Práticas de Gestão; Análise Organizacional.

Integrantes:

Samir Adamoglu de Oliveira (coordenador), Ana Carolina Kruta de Araújo Bispo (colaboradora), Ana Lúcia de Araújo Lima Coelho (colaboradora), Anielson Barbosa da Silva (colaborador), Heudja Santana Varela Ribeiro de Araújo (pesquisadora), Isaac Almeida Moraes Oliveira de Azevedo (pesquisador), Mariene Cavalcante Borba de Albuquerque (pesquisadora), Vivianne Freire Felix (pesquisadora).

Produtos Vinculados:

Artigos completos/Resumos publicados em anais de eventos:

Araújo, H. V. S. R., Azevedo, I. A. M. O., Felix, V. F., Albuquerque, M. C. B., & Adamoglu de Oliveira, S. (2019). Influências Institucionais em Práticas de Gestão do Conhecimento de Empresas Juniores de uma IES Federal Brasileira. Anais do Encontro da Divisão de Estudos Organizacionais da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração (EnEO), Fortaleza, CE, Brasil, 10.

Trabalhos de conclusão de curso (Graduação):

Azevedo, Isaac Almeida Moraes Oliveira de (2019). Influências Institucionais na Adoção de Conceitos e Práticas de Gestão Utilizados por Empresas Juniores de Administração: Uma Análise Regional (Trabalho de conclusão de curso). Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, PB, Brasil. https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/16222